Copa do Mundo: um golaço corporativo!

Integração entre departamentos, trabalho de desenvoltura, desenvolvimento das relações interpessoais e sentimento de pertencimento. Entenda, com o exemplo da Mazars, como construir engajamento por meio de um grande evento como a Copa. Você sabe o quanto uma ferramenta de gestão de pessoas pode ser o diferencial da sua empresa? Esteja pronto para chegar lá!

  

Publicado em 13/07/2018

 

Faz parte das funções do Recursos Humanos captar oportunidades externas e trazê-las para dentro da empresa como forma de fortalecer o ambiente interno, fomentar a satisfação profissional e impulsionar a produtividade dos colaboradores. Neste contexto, a Copa do Mundo foi uma bela oportunidade.

Por vezes, equipes de Recursos Humanos tentam buscar soluções complexas para o desenvolvimento das equipes de trabalho da empresa, quando, na realidade, o simples, com o foco correto, é o que faz a diferença. Nesta Copa do Mundo, aqui na Mazars, focamos na integração e união dos times.

Criamos o Mazars na Copa, campanha de integração interna focada em pequenas tarefas lúdicas e realizadas em equipe. A Copa do Mundo, na prática, foi só o cenário. O impacto real foi muito além, e nossos objetivos foram plenamente alcançados. Todas as ações atingiram um ponto específico: a valorização humana, colocando o colaborador como engrenagem principal, não só por suas  competências técnicas, mas também pela capacidade de cada um contribuir na construção do clima agradável.  O ponto-chave é: por onde for, o colaborador leva consigo a marca da sua empresa.

Ao lado do Mazars na Copa, tivemos o Mazars na Medida e o Mazars Doa Sangue. Através dessas ações internas, recebemos uma série de feedbacks e relatos – vindos espontaneamente e por meio de pesquisas de clima – que esses projetos ajudaram na integração dos times, dos setores e até dos escritórios em diferentes cidades ou estados. Algo que não é fácil para uma multinacional que, só no Brasil, possui mais de 800 colaboradores espalhados por seis escritórios e que atende clientes do Rio Grande do Sul ao Amazonas.

O Mazars na Copa foi o nosso carro-chefe e alcançou a participação de cerca de 400 colaboradores, nos trazendo efeitos extraordinários. Foi a mola mestra para que as pessoas se conhecessem melhor e passassem a assimilar o outro departamento ou o escritório da outra cidade como uma extensão natural da sua empresa, e não mais como uma área à parte e separada do seu ambiente. Muitos colaboradores, antes, só se conheciam de vista.

A integração das gerações, criando maior sinergia entre diferentes cargos e idades, foi outra conquista, sobretudo em se tratando de uma multinacional que tem nos seus quadros gerações X, Y, Z e Baby Boomer. Foi cativante ver gerente sênior dançando funk com analista júnior em vídeo que reproduzia uma festa após uma vitória do Brasil.

Foi ainda identificada uma clara evolução da desenvoltura pessoal dos participantes. Para além das habilidades técnicas, sabemos que outras qualidades contribuem decisivamente para o sucesso empresarial. Participar de vídeos, fotos e músicas que foram divulgadas na empresa – internamente e nas redes sociais – foi um “quebra-gelo” para que profissionais mais jovens já comecem a se acostumar em ser o centro de atenções no mundo corporativo. Fará a diferença em momentos futuros nos quais eles estarão em uma reunião decisiva, num momento de apresentação de resultados ao conselho ou até mesmo em palestras diante de plateias grandiosas. Já identificamos colaboradores mais tímidos que estão mais à vontade, comandando os times nas tarefas. Consequentemente, já começaram a levar esse comportamento para seu dia a dia.

Por trás de ações divertidas e descontraídas, estamos atingindo o engajamento e a satisfação em trabalhar em uma empresa que valoriza a capacidade humana. E esta é uma lição que a Copa trouxe para todos nós. 

  

  

 

"Ficou claro para todos nós que o programa trouxe um belo retorno, com maior integração, união e proximidade entre os escritórios. Foi algo bem visível e todos os nossos escritórios deram feedbacks neste sentido. Aqui em Curitiba, percebemos um ambiente de trabalho ainda mais motivado e, principalmente, mais profícuo, sobretudo com relação aos colaboradores com menos tempo de casa, que perderam a timidez e passaram a apresentar um comportamento mais natural  e mais entrosado aos demais colegas da equipe."

Éverton Paetzold - Sócio - Escritório de Curitiba

 

"O Mazars na Copa trouxe para nossa equipe um entusiasmo e uma motivação a mais. Nossa seleção foi criativa e comemorou cada conquista com os desafios, estes que nos fizeram enfrentar nossos medos e vergonhas. Cada Quiz e bolão nos colocou para pensar. Demos muitas risadas, nos divertimos e tornamos o dia mais animado e descontraído para se trabalhar. Em resumo: o Mazars na Copa foi um sucesso."

Karina Maria Ferreira da Silva - Analista Júnior - Escritório de São Paulo

  

"Para mim, que cheguei à Mazars há somente dois meses, o Mazars na Copa foi extraordinário. Pessoalmente, me proporcionou um entrosamento muito mais rápido com meus colegas de trabalho. Ainda tive o reconhecimento de ser escolhida como a capitã do time, o que me deixou lisonjeada e aumentou minha integração na empresa. Hoje, no escritório de Ribeirão Preto, formamos uma equipe ainda mais unida, feliz e enturmada. Foi uma recepção maravilhosa que tive aqui na Mazars."

Isabella Lamartine Sisconeto - Analista Júnior - Escritório de Ribeirão Preto

  

"O Mazars na Copa ajudou a desenvolver minha criatividade ao me propor tarefas desafiadoras e em uma competição bem diferente da minha rotina de trabalho. Sempre fui apaixonado por futebol. Juntar isso ao ambiente profissional tornou o meu dia a dia mais leve, principalmente por ter feito tudo isso em conjunto com colegas da minha área e de outras também."

Felipe de Souza - Assistente - Escritório de São Paulo

 

"Consegui me superar muito, além de desenvolver minhas capacidades de liderança e de pensar em grupo. Também me senti uma integrante importante da empresa, contribuindo para o marketing nas redes sociais. Isso fora o clima divertido e de união entre setores que vivemos aqui dentro. Tenho orgulho de ser Mazars!"

Rosangela Rodrigues Albuquerque - Analista Pleno - Escritório do Rio de Janeiro

 

 

 

Quer tirar alguma dúvida?

Fale com nossa equipe de relacionamento!

 

Receba nossas newsletters

* : campos obrigatórios

Your personal data is collected by Mazars in Brazil, the data controller, in accordance with applicable laws and regulations.
Fields marked with an asterisk are required. If any required field is left blank, it will not be possible to process your request.
Your personal data is collected for the purpose of processing your request.

You have a right to access, correct and erase your data, and a right to object to or limit the processing of your data. You also have a right to data portability and the right to provide guidance on what happens to your data after your death. Finally, you have the right to lodge a complaint with a supervisory authority and a right not to be the subject of a decision based exclusively on automated processing, including profiling, that produces legal effects concerning you or significantly affects you in a similar way.

Share