A auditoria interna pode ser uma grande aliada neste momento de pandemia

Publicado em 02/04/2020

Apesar da grande maioria das empresas não estar preparada para o momento que estamos vivendo, como, por exemplo, contar com um Plano de Continuidade dos Negócios estruturado, é verdade que boa parte delas conta com times robustos e processos bem estruturados de auditoria interna, ou vem fazendo uso de empresas especializadas nestes trabalhos, que atualmente podem ajudar muito na gestão dos negócios.

Os profissionais que atuam nessa área possuem grande experiência em identificar os pontos fracos na execução de controles e processos, seja pelo conhecimento específico da empresa onde já atuam ou pela experiência em trabalhos realizados em outras empresas do mesmo segmento. Assim, podem ajudar, neste momento de “rupturas” e adaptações, na avaliação de quais processos e controles devem ser mantidos e observados ainda com maior rigor, ajudando na proposição de novos e indicando quais processos e controles deixam de ter importância nos mesmos níveis pré-crise.

Mesmo neste momento de turbulência, certos controles não podem ser "deixados de lado", o que pode resultar em problemas adicionais àqueles advindos da pandemia. Os gestores precisam estar atentos e entender que alguns movimentos legítimos que a empresa esteja fazendo podem aumentar a vulnerabilidade a fraudes e erros, com consequências com teor de gravidade ainda maior em um período em que os gestores principais estão preocupados com a continuidade dos negócios.

Não obstante, a auditoria interna deve também se adaptar e se moldar à realidade atual, assumindo um papel muito mais colaborativo com os gestores e colaboradores, atuando de maneira ágil na detecção, orientação e correção de eventuais pontos frágeis.

No meio deste turbilhão, é preciso garantir que ao menos os controles-chaves críticos sejam realizados, desempenhando, mais do que nunca, papel consultivo e apoiando sua empresa a mapear os impactos mais relevantes da pandemia, endereçando as ações que mitigarão tais danos, concentrando os esforços nas estratégias de remediação e notando quais controles serão mais impactados e quais controles devem ser remodelados prioritariamente. É preciso antecipar problemas que poderão ocorrer para que ações de remediação possam ser endereçadas antes dos reportes anuais.

Não podemos parar! E a capacidade em demonstrar que mais do que olhar para o passado, nós olhamos para frente, para o futuro e para o aprimoramento do mundo corporativo. Olhamos o atendimento dos seus objetivos estratégicos e, principalmente, demonstramos a capacidade de apresentar alternativas de caminhos que podem ser traçados com transparência, integridade, independência e em conformidade com as regras do negócio, sejam elas internas ou externas.

Quer falar conosco? Escreva para responde.covid19@mazars.com.br e acompanhe as nossas redes sociais.

Quer saber mais?