Gestão de Crise

Em um ambiente econômico tão complexo e volátil como o existente nos dias de hoje, é normal que empresas passem por períodos de dificuldades e que tenham um acúmulo inesperado de prejuízos que podem levar a empresa a um nível de endividamento financeiro acima da capacidade de geração de caixa do negócio. Abaixo confira os quatro cenários possíveis de uma empresa.

  

1) Entendimentos das causas diversas e efeitos [tempestade - visão satélite x visão chão]

a) Como a crise está e como afetaria uma empresa.

b) Qual o posicionamento estratégico.

c) Quais são os recursos financeiros para a empresa pode dispor.

 

2) Quando não há caixa [posição financeira ruim]

a) Vender ativos (não core)

b) Reduzir custos.

c) Reestrurar dívidas.

d) Vender parte de ativos core.

e) Parcerias estratégicas que gerem sinergias.

 

3) Quando há caixa 

a) Investir em Marketing (aumentar receita e margem).

b) Reduzir margem de maneira estratégica.

c) Reduzir custos - quando os resultados não acontecem na velocidade esperada.

d) "Apertar" o monitoramento do mercado, finanças e projetos.

e) Reavaliar projetos de longo prazo.

f) Redirecionar recursos para atividade core.

g) Aquisições.

 

4) Elaborar Plano de Ação [Diagnóstico]

a) Baixo efeito com pouco caixa (acompanhamento).

b) Alto efeito com pouco caixa (ações de saneamento de efeito imediatos/sobrevivência).

c) Baixo efeito com caixa (alta gestão e revisão de projetos).

d) Alto efeito com caixa (reforçar a liderança, alta gestão de ações e revisão de projetos).

  

Como a Mazars pode ajudar

 

 

 

  

1. Diagnóstico para identificação de posicionamento.

2. Elaboração de plano de ações por prioridades.

3. Gestão de custos.

4. Revisão do plano estratégico x Projeções financeiras.

5. Revisão de processos e controles.

6. Due Diligence.

 

Quer tirar alguma dúvida?

Fale com a nossa equipe de relacionamento!

Share