Nossa parceria integrada

Desde de sua fundação, a Mazars escolheu a opção de ser uma empresa verdadeiramente integrada. A Organização Mazars é baseada na parceria democrática, o que dá direito de voto nas decisões estratégicas envolvendo o futuro da empresa.

 

Este tipo de responsabilidade é fundamental para os princípios e práticas da Mazars. Em toda a organização é diariamente expressa a forma como exercemos a nossa profissão e na relação que a Mazars mantém com o seu ambiente social e econômico. 

 Nós estabelecemos uma parceria internacional e integrada com o principal objetivo de garantir a qualidade consistente em nossos serviços aos clientes. Nossos clientes exigem serviços bem coordenados que refletem sua própria estrutura corporativa. Isso exige que os auditores e conselheiros conheçam as suas necessidades de grupo, independentemente do local no mundo onde operam. Acreditamos que nossa estrutura integrada ofereça essa consistência e que permite o controle direto sobre os padrões. Ao integrarmos parceiros provenientes de empresas que compartilham  os valores, as mesmas idéias sobre a nossa profissão e os mesmos padrões exigentes de excelência, a Mazars é determinada a construir uma forte organização internacional de profissionais que optaram por compartilhar a mesma ambição, a estratégia e as decisões fundamentais.

  

Democracia e transparência 

Nosso modelo é democrático e transparente, tanto internamente como externamente. A direção da Mazars é transferida para o seu Conselho Executivo do Grupo, cujos membros são eleitos a cada quatro anos, com base em um roteiro bem definido.

A Mazars também possui um Conselho de Governança do Grupo, que tem a tarefa de apoiar decisões de GEB e assegurar que as regras éticas do grupo não são infringidas. Em 2011, o Comitê Estratégico do Grupo foi criado e colocado sob a presidência de Patrick de Cambourg. Este comitê estratégico visa apoiar os desenvolvimentos estratégicos do Grupo em todo o mundo. O comitê também inclui Douglas A. Phillips (Vice-Presidente), Michel Barbet-Massin e CEO do Grupo Philippe Castagnac. Além disso, mesmo que não estão sujeitos a qualquer tipo de obrigação legal neste domínio, optou-se por publicar o nosso relatório anual de contas auditadas para as normas IFRS.

 

Quer tirar alguma dúvida?

Fale com a nossa equipe de relacionamento!

Share